segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Um pequeno passo para o homem…

ebwhite Dando continuidade aos bons textos do jornalismo, reproduzo aqui não uma reportagem, mas uma crônica do norte-americano E. B. White, jornalista da revista The New Yorker. O texto que White constrói é irônico e também sério, mostra a sua visão do fato, no caso a chegada do homem à Lua.

Enquanto todos se deliciavam com a conquista, ele de forma bem-humorada critica a atitude de fincar a bandeira dos Estados Unidos na superfície lunar.

O texto faz parte dos estudos de Jornalismo Literário, ministrado pelo jornalista Daniel Piza.

E. B. White

Tradução Daniel Piza.

Moon Landing

26/07/1969

homem-na-lua_1619_1024x768A lua, descobrimos agora, é um grande lugar para homens. Uma gravidade um sexto menor deve ser bem divertida, e quando Armstrong e Aldrin fizeram sua dancinha animada, como duas crianças felizes, foi um momento não apenas de triunfo, mas também de alegria. A lua, por outro lado, é um lugar ruim para bandeiras. A nossa parecia estática e esquisita, tentando flutuar numa brisa que não soprava. (Deve haver alguma lição nisso aqui). É tradicional, claro, que exploradores finquem uma bandeira, mas o que nos chamou a atenção, enquanto observávamos com espanto e admiração e orgulho, foi o fato de que nossos dois companheiros eram homens universais, não nacionais, e deveriam estar equipados de acordo. Como todo grande rio ou todo grande mar, a lua não pertence a ninguém e pertence a todos. Ela ainda tem a chave da loucura, ainda controla as marés que batem nas praias de todos os lugares, ainda cuida dos amantes que se beijam em todos os países debaixo do céu, não de uma bandeira. Que pena que em nosso momento de triunfo não tenhamos renegado a cena familiar de Iwo Jima e , ao contrário, plantado um instrumento aceitável a todos: um lenço branco e limpo, talvez, símbolo do resfriado comum, que assim como a lua, nos afeta a todos, nos une a todos.

Um comentário:

  1. Sensacional cara, belo texto! Vá assistir A Gaiola Das Loucas, vi hoje, ótimo! Arrumei a data também do post, setembro já foi para o espaço faz tempo... Rsss Valeu Mano pelo toque!

    Abs Vamo Curíntia!

    ResponderExcluir