domingo, 6 de junho de 2010

Nadal ‘morde’ Roland Garros pela quinta vez

nadal292_reuters_Benoit_Tessier_06062010 O relógio na quadra de saibro marcava 2 horas e 18 minutos de jogo sob o sol de Paris quando os pés que calçavam o tênis cinza e branco com o nome RAFA escrito no calcanhar deram rápidas passadas em direção ao canto esquerdo para alcançar a pequena bola. Depois disso e do erro do sueco Soderling, Nadal desabou na sob a terra, fechou os olhos e gritou.

Após agradecer a presença da rainha da Espanha, Rafael discursou rapidamente sobre a sensação de mias uma vez ganhar o troféu.“É um sonho estar aqui”.

Rafael Nadal perdeu apenas uma partida em Roland Garros e foi justamente para o sueco Robin Soderling, seu adversário de hoje e vice em 2009. Desta vez o espanhol não deu chances e ganhou seu quinto título em Roland Garros.

No primeiro set 6-4 para o espanhol. Sodering tentou a reação no set seguinte e confirmou seu serviço. Mas no game seguinte teve mais de quatro oportunidades para quebrar o serviço de Nadal e não o fez. Daí em diante Nadal dominou e fechou o set em 6-2. No terceiro set o sueco já não parecia ter forças para buscar a virada, enquanto Nadal corria, demonstrava garra, técnica e vontade de vencer. No fim 6-4 e 3x0. 

Nadal é primeiro a conquistar o ‘Slam Rojo’, ou seja, os torneios de Monte Carlo (hexacampeão), Roma (penta), Madrid (bi) e Roland Garros. Foram quatro títulos e apenas dois sets perdidos. A conquista na França dá ao espanhol o primeiro lugar no ranking, deixando Federer em segundo.

Aos 24 anos o canhoto das Ilhas b_nadal_rafael_02_2010_06_06Baleares e apelidado de Touro, chega ao seu sétimo título de Grand Slam com domínio claro do aberto da França. Os outros que ele já ‘mordeu’ – ao receber o troféu Nadal dá uma mordida no mesmo- foram Wimbledon em 2008 e o Open da Austrália em 2009. Em Roland Garros suas conquistas aconteceram em 2005, 2006, 2007, 2008 e 2010. Além disso o Touro levou a Olimpiada em Pequim.

Rafael Nadal agora é o segundo maior vencedor de Roland Garros isolado, – estava empatado com o francês Henri Cochet - atrás apenas do sueco Björn Borg que venceu seis vezes entre os anos de 1974 e 1981.

Nenhum comentário:

Postar um comentário