sábado, 22 de novembro de 2008

Qual argentino vai levantar a taça?

Qual argentino vai levantar a taça?

Uma final com dois maestros argentinos em campo, dois jogadores que possuem um estilo de jogo que está em falta no futebol brasileiro, justo o país que teve grandes craques como Zico, Rivelino e Sócrates. Esse tipo habilidoso e criativo sobra na terra dos hermanos, como o meia do Boca, Roman Riquelme.

O organizador, o pensador, de toque de bola refinado, isto é Andres D´Alessandro e Juan Verón, jogadores que defenderam a seleção Argentina e tem a missão de levar seus respectivos times ao inédito título de campeão da copa Sul-Americana.

O primeiro defende o Inter de Porto Alegre, após aparecer muito bem no River Plate e ter passagens apagadas pelo Wolfsburg da Alemanha e Zaragoza da Espanha. O meia estava no San Lorenzo e vem jogando bem com a camisa colorada, tendo feito inclusive dois dos quatro gols contra o Chivas, na vitória de quarta-feira.

Já o camisa 11 do Estudiantes de La Plata rodou por grandes clubes europeus. Após se destacar pelo Estudiantes ele se transferiu para o Boca e depois para Sampdoria, Parma, Lázio, Manchester United, Chelsea e Inter de Milão. Voltou em 2006 e é peça fundamental na equipe que disputou a Libertadores deste ano e foi eliminada pela campeã LDU.

Sem chances de ser campeão e de brigar por vaga na Libertadores o time do técnico Tite prioriza a competição sul-americana e deve jogar com a equipe reserva mais uma vez no fim de semana. A intenção é ter Nilmar, Alex, Marcão, Magrão e Guiñazu em perfeitas condições para o primeiro jogo.

Foi o que fez o Estudiantes na última rodada do Apertura, poupou os principais atletas contra o Argentinos Juniors e perdeu por 5 a 0. Porém na quinta-feira voltou a enfrentar o Argentinos e desta vez venceu e garantiu a classificação para a final, com gol do veterano Calderón que pode ser bi-campeão, ele ganhou o torneio na temporada passada pelo Arsenal de Sarandí.

Além de Verón e Calderón, outro jogador do clube de La Plata que é conhecido do público brasileiro é o zagueiro Leandro Desábato, que foi preso em São Paulo, quando jogava pelo Quilmes, em episódio com o atacante Grafite, atualmente no Wolfsburg. Outro conhecido é o técnico Astrada, que no fim da carreira jogou pelo Grêmio, rival do Inter.

A primeira partida será na Argentina, dia 26 de Novembro, e a decisão será dia 03 de Dezembro Beira-Rio, em Porto Alegre.


No Vídeo abaixo podemos conferir algumas jogadas geniais de meias como Verón, Riquelme e D´Alessandro.

Um comentário:

  1. nEu aposto todas minhas fichas em Verón, além disso nessas horas na minha opinião os times argentinos acabam mostrando seu valor e vencendo o jogo.

    ResponderExcluir